terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Versão feminina e não-drogada de Kurt Cobain

    Olá meninas! Como estão? Passei os últimos três dias lendo a biografia do Kurt Cobain, "Mais pesado que o céu", é aquele tipo de livro que você só quer ler cada vez mais, mas fui com calma pois não queria chegar no final nunca, ainda mais que eu uso livros como minha droga para fugir do mundo, e esse ano já li todos que estavam sobrando em casa, e esse foi o que peguei emprestado com meu namorado. Enfim, acabaram-se as drogas, que venha a vida real. Oh Fuck.
    Não havia nem um minuto que eu havia terminado de ler o livro, ter feito toda aquela reflexão que o que levou o Kurt a ser um viciado em drogas pesadas e suicida foi o seu perfeccionismo, eterna insatisfação e as horríveis dores de estômago, me pego olhando para as minhas pernas que atualmente estão com aproximadamente 33cm, fazendo com que meus joelhos doam quando vou dormir virada de lado.
    Foi necessário ler mais de 400 páginas sobre a vida de uma pessoa que estava sempre insatisfeita consigo mesma e que se odiava mais que odiava a qualquer outra pessoa para eu perceber que eu era, no geral, uma versão feminina e não-drogada do Kurt Cobain. E eu não quero morrer sozinha em uma estufa com um tiro na cabeça.
    Uma coisa que o livro destaca é a diferença entre Kurt Cobain, o menino que parou de fumar maconha e beber por causa do medo de piorar sua saúde e poder se dedicar totalmente a formação do seu maior sonho, ter uma banda, e Kurdt Kobain, o nome grafado errado propositalmente por Kurt para criar seu alter ego que se tornou o astro de rock famoso drogado que não se importava em ameaçar demitir seus amigos de banda quando eles descordavam do "rei" Kurdt, que se tornou "rei" por acaso, apenas pelo seu grandioso talento, e não pelo seu talento e insistência em ser notado e melhorar cada vez mais no que fazia.
    Eu quero ser inspirada pelo Kurt Cobain, e não pelo Kurtd Kobain. Eu quero ir atrás dos meus sonhos sem me destruir, eu quero estar preparada e feliz com o que for o meu futuro. Eu quero um futuro feliz, sem a eterna insatisfação,sem a depressão, esquecer o ódio que tenho de mim.

    Eu quero ser uma versão feminina e não-drogada de Kurt Cobain, eu vou deixar de ser uma Kurdt Kobain da vida.

    Sim, eu sou viciada em livros. Sim, eu sou viciada no Kurt. Sim, me desculpem por esse post completamente viciado em livros, Kurt, análise psicológica e meio sem sentido. Vou voltar a ser mais presente no blog de vocês <3

xoxo.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Felicidade a vista! + Novo peso

    Eu sumi? Eu sumi. Eu me arrependo? Não muito haha.
    Nesse tempo em que não estive presente aqui (devido a morar na área rural da cidade e praticamente não ter internet - pelo menos fica pertinho da praia) consegui eliminar alguns quilos. Duas metas já se foram, agora só faltam menos 3kg e eu chego no meu tão querido peso desejado haha.
    Agora além de namorado, tenho psicólogo e personal em uma só pessoa <3 Claro que não contei tudo para ele, apenas tivemos uma conversa mais séria sobre o meu corpo. Nós namoramos a 4 anos, nesse tempo todo eu já engordei, emagreci, engordei, emagreci, e assim por diante, no meio do ano passado eu estava pesando em torno de 55kg, o que para o meu tamanho é um absurdo, agora emagreci mais de 10kg e é claro que deu pra ver aquela diferença, e eu continuava a reclamar, então ele resolveu ir perguntando o que eu não gostava em cada parte do meu corpo. Resultado: Caminhamos quase todos os dias, não como mais doce na casa dele (apesar da mãe dele não parar de me encher o saco para eu jantar lá) e ele disse que ia me ajudar a fazer alguns exercícios mais específicos também, mas antes disso eu tenho que melhorar meu condicionamento físico (o que é difícil depois de um bom tempo sendo fumante e sedentária) e esta semana também estou nos dias, ou seja, só de pensar em se mover dói até a alma.
    Porém, eu emagreci e atualmente me encontro 0,5kg abaixo do peso o/

Peso:43,0kg
Altura: 1,53m
IMC: 18,37

Metas: 
    ( x ) 45kg
    ( x ) 43kg
    (    ) 41kg
    (    ) 40kg

terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Wintergirls

    Quando eu era uma garota de verdade... eu não lembro. Não sou uma garota de verdade à 5 anos, talvez nunca tenha sido uma garota de verdade. Quando nasci todo o leite que eu tomava eu vomitava. Com 5 anos de idade lembro que a "tia da escola" tinha que ficar do meu lado quase me obrigando a comer. Com uns 8 anos eu dava meu lanche para as coleguinhas de classe. Dos 10 aos 13 eu fui gordinha. Com 15 anos lembro claramente de ver o número na balança que me deixou tão chateada: 53kg. Aos 16 anos, na minha primeira e única consulta com a ginecologista, ao invés de falar de menstruação e essas coisas, tive que escutar que estava magra demais pesando apenas 38kg e recebi esta notícia com um grande sorriso no rosto.
    Faz anos que não sei o que é viver sem pensar em comida, em tamanho de circunferência abdominal. Eu só queria viver feliz, ser magra, e comer tudo que quisesse. A verdade sobre a anorexia: Existe fome, existe vontade de comer, mas também existe o arrependimento, e ele dói. Como viver odiando algo que você precisa tanto para viver? E ainda dizem que a anorexia é só para chamar a atenção.

    Não ando muito feliz. Quando cheguei aos 62cm de cintura fiquei tão feliz, fui logo imaginando os números diminuindo cada vez mais, porém continuei comendo bastante, passei o dia todo jogada no sofá vendo tv, e ainda fiquei infeliz quando vi que havia aumentado 2cm. As vezes eu sou muito ridícula mesmo.

    Se alguém souber de algum desafio que esteja acontecendo, por favor me avisem, estou precisando disso.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

olá minhas lindas!
hoje o post vai ser beeem menos elaborado pois estou pelo celular devido a problemas de preguiça haha. Minha alimentação foi uma certa vergonha nesses dias, porém voltei a tomar muita água, sucos naturais e comer mais frutas, alem de estar tentando deixar de ser sedentária (meu namorado ficou me ensinando a jogar futebol ontem pra que eu fizesse alguns exercícios. Um fofo!) resultado dos "exercícios", agua e muito suco de abacaxi: 62cm de circunferência abdominal *-* por isso não podia deixar de passar aqui haha pretendo voltar a ativa no blog hoje a noite.


xoxo

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Algumas Novidades + Peso e Medidas

    Feliz Ano Novo minhas lindas! Imagem de 2016, bff, and I Love You

    Gostaria de ter aparecido por aqui antes, mas não foi possível, fim de ano é suicídio de internet 3G. Enfim, hoje trago algumas novidades! Bobinhas, mas ainda assim são novidades haha. Com a chegada de 2016 tomei algumas decisões importantes em minha vida. A um tempo atrás eu havia pensado em abrir um pequeno negócio antes de terminar a faculdade, mas abandonei a ideia, como sempre faço. Porém, resolvi retomar esta ideia, e inclusive neste exato segundo estou fazendo aqueles cursos grátis online que podem ser usados como horas extras para a faculdade e também como uma especialização para o meu futuro negócio. Caso alguém esteja interessada, o site é iped.com.br e o certificado é de grátis, recomendo!
    Agora falando do que interessa um pouco mais haha. Fim de ano, aquela comilança, aquela alegria do ano finalmente ter acabado e o consumo de álcool, que engorda. Resultado final: Foi muito bom até. Me controlei o suficiente para engordar apenas 1kg. Então, finalmente vocês irão conhecer as minhas medidas:

Peso: 45,5kg
Altura: 1,53m
IMC: 19,44

Cintura: 65cm
Busto: 85cm
Quadril: 84cm
Perna: 40cm

    Tá ruim, mas já esteve muito pior. Há um ano atrás eu pesava 53kg, tinha 72cm de circunferência abdominal. Eu era uma orca para o meu tamanho.

Metas:
    (    ) 45kg
    (    ) 43kg
    (    ) 41kg
    (    ) 40kg
    (    ) 60cm de cintura

    A partir de amanhã apareço aqui com o meu verdadeiro diário de dieta.

xoxo.