quarta-feira, 30 de março de 2016

New Perspective

Olá meninas! A poucos segundos postei um desabafo sobre uma pessoa aqui, mas percebi que ela é tão insignificante que não merece aparecer num lugar tão lindo quanto aqui! No meu canto, não!

Enfim, estava vendo umas fotos de quando eu pesava 40kg e tinha um cabelo que ia até a cintura e unhas enormes *-* Ou seja, a cerca de dois meses atrás hahaha. Resultado: Vou voltar a ter 40kg e cabelo enorme e unhas enormes LOL

Não importa mais o que aconteceu ontem,nem  hoje mais cedo. Nada mais importa, só minha aparência e minhas notas. Se isto são coisas que me fazem feliz, é atrás disso que eu vou correr, chega de mimimi.

E o melhor de tudo, vou chegar aos 40kg tendo saúde hahahaha. Me aguardem minhas lindas! A partir de exatamente agora sou uma nova mulher! Tudo será novo. Eu não estava ávida por uma mudança? Aqui está a oportunidade.

Xoxo, lov u all.

segunda-feira, 28 de março de 2016

quem sabe eu ainda sou uma garotinha...

olá meninas! Como estão?
eu ainda estou sobrevivendo aquele tapa na cara que a vida me deu. Sexta fui dormir na casa do meu namorado, do perfeito como sempre, mesmo eu tendo perdido 2 horas do meu tempo fazendo um relatório do laboratorio, ter visto 20 minutos do jogo do brasil( que eu mais viajei do que assisti hahaha) e umas 3 horas de programas sobre fast food, incluindo duas horas sobre bacon hahaha sou estranha e estou deixando meu namorado estranho também hahaha mas fazer o que, não tinha nada legal na tv mesmo haha.
enfim, sábado faltou luz la em casa, passou um ciclone na cidade e fodeu com muita coisa, resultado: Gabriele comendo que nem uma porca gorda na engorda o dia todo pq não tinha luz. Domingo ainda teve churrasco na casa do namorado. Basicamente eu não enfiei o pe na jaca, eu sou a jaca hahahahahaha.
eis que surge segunda e eis o meu vergonhoso cardápio ate agora:


café da manha:
-um copo de leite desnatado com uma colher de cha de Nescau
- meio pão frances (o famoso cacetinho do sul hahahaha) com geleia de goiaba


almoço:
- um pacotinho de nesfit integral
- um toddynho
- 3 balas buttertoffes


por enquanto é so, beijos da obesa aqui haha

quinta-feira, 24 de março de 2016

falso alarme

olá meninas! Descobri que não estou grávida, foi um completo falso alarme. Claro que fiquei chateada pois ja estava pensando em casamento, filhos, e todas essas coisas, mas a verdade é que sem duvidas o que eu estava pensando era pura ilusão. Mal tenho ensino médio, ainda estou no inicio da faculdade, nem eu nem meu namorado temos emprego ou dinheiro, nossas famílias não tem dinheiro sobrando para ter uma criança, e a mãe dele ja cuida do outro neto. Simplesmente foi melhor assim.
porem, nesse mês eu engordei. Posso não estar grávida, mas a barriga é de uma, e como não foi dessa vez que eu fiquei grávida e não irei ficar nos próximos 7 anos voltarei as dietas, vou seguir meu sonho de ter corpo de modelo


me aguardem minhas lindas xoxo

sábado, 12 de março de 2016

o silêncio dos inocentes

a verdade sobre o post anterior: Eu estava enlouquecida de ciúmes e raiva, shit happens. Demorei horas para me acalmar e perceber que eu sou muito melhor do que a dita cuja infeliz. Todo mundo ja passou por algo do tipo, espero não ser julgada.


ando completamente bipolar, mas sigo com a maldita máscara da alegria e serenidade, engolindo toda a raiva, frustração, tristeza. Que merda de mundo é esse que você tem que negar quem você é em prol de pessoas que não lhe dao nada em troca? Porque viver tem que significar ser outro? Enquanto isso, sem respostas, sigo no meu silêncio de inocente.

quinta-feira, 10 de março de 2016

psicopata funcional

eu transbordo raiva, sinto uma vontade enorme e quase incontrolável de machucar certas pessoas, de machucar ate matar. Me imagino fazendo isso e sinto prazer, so de imaginar a pessoa morta após tanta tortura sinto um alívio, ate chego a sorrir. Sou uma psicopata funcional, com os pés muito próximos do abismo. Me jogo ou jogo o outro? O outro, é claro. Mas ja que não posso matar ninguém nem machucar fisicamente, eu vou acabar com o psicológico dessas pessoas assim como elas destruíram o meu, acabaram com a minha paz. A vingança vai começar, e que comecem os jogos, quero te ver comendo a própria perna pra se salvar e ainda assim morrer, vadia.

quarta-feira, 9 de março de 2016

viver é ser outro

Em 2010, voltando da praia passei por um pixe no meio da estrada e nele dizia "viver é ser outro", discordei em partes, porem me apropriei do pensamento, com uma mudança: Sobreviver é ser outro.
no inicio de 2012 comecei a namorar e descobri que a pessoa que puxou aquilo, me dando forças para continuar a sobreviver foi o meu namorado. Sempre que passo por ali eu olho aquelas palavras, mas apenas hoje elas voltaram a ter o significado de 6 anos atras. Se eu quero sobreviver a esta selva de pedra, eu preciso ser outra. Não cabe mais a mim querer me encontrar onde eu não existo mais, nem nunca existi. Assim como uma criança recém nascida precisa aprender tudo do inicio hoje eu estou renascendo, surgindo das cinzas, sendo outra para sobreviver. Agora eu finalmente sou quem eu sempre quis ser. Agora a porra ficou séria.

terça-feira, 8 de março de 2016

vomitando pensamentos

ola meninas, feliz dia das pessoas que sofrem uma vez por mes. Confissão do dia: Sou machista. Um beijo a todas feministas que acham que igualdade de generos é mostrar os peitos e poder dar pra geral sem ser chamada de putas, se isso é ser feminista, então eu sou machista e com bastante orgulho ate.
tirando esta vasta grosseria que guardo pra mim a mais de um ano e já estava sofrendo por não poder falar isso sem medo de ser espancada ate a morte por pessoas que eu desprezo, aqui vocês podem me xingar mas não podem me bater.
enfim, ja estou na linha do meu limite, como é possível perceber. Eu não aguento mais tanta pressão, e sei que ela vem principalmente de mim. Eu sinto necessidade de uma mudança radical urgente, uma vontade de arrancar a minha pele e sair deste corpo, eu não pertenço a mim, eu não sou assim e não sei o que "assim" significa. Eu não sou quem eu penso ser, eu não gosto de ser quem eu sou, eu preciso mudar, eu preciso me encontrar dentro deste corpo cheio de personalidades que não me pertencem, que apenas são usadas para agradar aos outros e não a mim. Eu não sou eu, eu não me pertenço, eu quero fugir de mim, fugir dessa bagunça que é meu corpo e minha mente. Socorro.

segunda-feira, 7 de março de 2016

all the way down

olá meninas, sumi de novo, como sempre. Peço desculpas pelo sumiço, a falta de interesse de certa forma, os futuros erros de português e o estilo horrível que ira ficar o post pois estou pelo celular.
nesse mais de um mês fora eu atingi minha meta, superei a minha meta ate, cheguei a pesar 40kg. Meu namorado percebeu, tivemos aquela linda conversa que só me fez pensar em como eu era uma nada, que eu ia ser abandonada por ser incapaz de fazer algo tão natural quanto respirar, voltei a comer normalmente apesar de sentir muita dor de estomago nas primeiras semanas. Ca estou, mais de um mês depois, 4kg a mais, repetindo para mim mesma para comer. Apesar de colar com superbonder a mascara da felicidade na minha cara eu não estou bem. Pra inicio de conversa a faculdade esta acabando comigo e eu recém estou na segunda semana, ja tenho 3 listas atrasadas, matérias atrasadas, sem falar que três dias por semana eu fico 12horas na faculdade. Relembrando que não tenho amigos, tenho vergonha de passar quase uma hora sozinha na fila do restaurante universitário para comer sozinha vendo todo mundo comendo com pelo menos um conhecido, então apenas como algum lanchinho bobo em algum pavilhão antes de me aprisionar dentro da biblioteca, pagando de culta que esta sozinha por opção. Minha mãe perguntou como eu estava, eu chorei e disse que me sentia sozinha no mundo, a ridícula verdade. Ainda morro de ciúmes do meu namorado por me sentir inferior a qualquer ser humano que se aproxima dele, a qualquer ser humano existente neste ou em outro mundo. Mas tudo esta bem pois eu estou sorrindo para todos enquanto eu desço ladeira abaixo. Adeus sanidade mental, mas sempre com o sorriso no rosto, pois esta tudo bem.