domingo, 26 de junho de 2016

monsters inside my head

hoje eu surtei. Mais um dia em que mal acordo e já penso em tudo o que falta estudar e que não vai dar tempo, mal termino o café da manha e sento na frentes do livros. Mas um dia errando todas as questões, mesmo sabendo fazer elas. Mais um dia de fracasso, mais um dia chorando e comendo que nem uma gorda, ficando gorda, burra e feia.
enlouqueci, descontei no namorado, quase brigamos, percebi que estava quase o perdendo... 15 minutos depois eu pedi desculpa e disse que nunca mais ia acontecer de novo... 30 minutos e eu já estava toda feliz, escutando musica no máximo e estudando sem me importar se estava fazendo certo ou errado. Seria isso bipolaridade? Não é a primeira vez que acontece.
ainda me sinto euforica, inconsequente, eu não quero ligar para nada, so quero me divertir um pouco, escutar musica, cantar, beber. Que nem nos velhos tempos.

sábado, 25 de junho de 2016

faculdade de engenharia: uma homicida

faculdade de engenharia: Muitos querem, poucos passam, milhares ficam pelo caminho, todos enlouquecem.
durante o ensino médio eu não ligava para meus estudos, se passava de ano ja estava de bom tamanho, nunca quis engenharia. Nunca soube o que eu realmente queria. No final do terceiro ano pensei em biomedicina, mas eu teria que sair da minha cidade pra poder fazer e as opções eram morar na capital ou morar no interior e pagar uma faculdade particular, nenhuma das opções eram possíveis pois sou de uma família de baixa renda e meus pais não tem como sustentar duas casas. Olhei os cursos da faculdade publica da minha cidade e nada nunca me agradou. Acabei escolhendo engenharia bioquímica pois o nome lembrava a tal biomedicina. Odiei cada minuto que estava la, mesmo com os 6 meses de greve que tive logo no primeiro ano. Não gostava das pessoas, não sabia como estudar pra me manter na faculdade, me sentia o ser mais burro da face da terra cada vez que olhava minhas notas. Passei dois anos apanhando da faculdade, ate que decidi mudar de curso. Prepotente, como fui o meu ensino médio inteiro, fiz o enem sem estudar. Me fodi. Não passei de jeito nenhum em engenharia química (que ia trocar pra começar do zero, mas usando a desculpa realista que assim eu teria emprego quando me formasse). Passei um ano inteiro estudando em casa, através de cursos online gratis, resultado relativamente insatisfatório, tirei 640, esperava pelo menos uns 700. Mas pelo menos passei para engenharia de alimentos e engenharia quimica. Finalmente cheguei na engenharia química, me esforcei, me matei estudando, abri mao de tantas coisas que hoje em dia meu maior prazer é pode ver tv sem pensar nas listas que eu tenho que fazer. Fui uma das poucas 8 pessoas de 30 que passou em todas as matérias, mas não era o suficiente, meu coeficiente ainda estava abaixo de 7. Agora, no segundo ano, continuo me matando estudando, alguns dias passo 12 horas na faculdade, vários dias não almoço pra poder estudar, fazem 6 meses que durmo apenas 6 horas por dia no máximo, sem falar as semanas que é apenas 3. Tudo isso tendo como resultado notas abaixo da media, não sei o que é vida social não tenho convívio com a minha família, quando estou com meu namorado estou estudando ebfaz uma semana quebeu choro todos os dias. Tudo isso pra que? Pra nada


obrigada engenharia por estar me matando aos poucos


tudo pelo dinheiro.

sexta-feira, 17 de junho de 2016

oh no, the bitch is back

Minhas lindas!!!! Como estão? Meu Deus, que saudades de vocês! Obvio que não aguentei e resolvi voltar.


10 kg a mais, auto estima 200% a baixo e as notas boas foram por agua abaixo. Ou seja, a única coisa que se elevou aqui foi o peso mesmo. Existem motivos melhores do que estes para voltar a ser uma verdadeira Ana perfeccionista? Claro que não. Então, aqui estou, com o rabo entre as pernas, mas erguendo a cabeça, pronta pra toda a batalha que esta por vir. A partir de segunda volto a colocar meu cardápio aqui, outras novidades serão a minha organização para melhorar as notas o mais rápido possível e minhas praticas de beleza (que ate isso eu ignorei nesse tempo, estou parecendo um espantalho de tão horrorosa)


aos poucos volto a frequentar nosso lindo mundinho, mas garanto que na "vida real" eu irei voltar a ser o que eu era, em busca da perfeição.


perfeição não existe, mas eu posso chegar o mais perto possível disso.


xoxo, lov u all